Como socorrer uma criança durante uma crise epiléptica

  1. Mantenha-se calmo.

  2. Olhe ao redor e verifique se a criança está em um lugar perigoso. Se o lugar for seguro, não troque a criança de lugar e nem tente mexer nela. Tire os objetos de perto da criança, para que ela não se machuque se bater em algum deles. Se ela estiver em um lugar perigoso (ex. atravessando a rua), peça ajuda para assegurar o local durante a crise.

  3. Olhe no relógio e tente marcar o horário de início da crise, assim como o horário em que a crise terminou.

  4. Fique perto da criança. Se ela não cair no chão, mas parecer confusa, gentilmente guie-a para longe de qualquer perigo. Fale calmamente com ela.

  5. Se ela cair no chão, tente colocar algo macio embaixo de sua cabeça para protege-la.

  6. Não segure a criança.

  7. Não coloque nada na boca deles (nem mesmo tente “desenrolar” a língua da criança).

  8. Verifique a hora novamente. Se uma convulsão não parar após 5 minutos, ligue para uma ambulância (190, 192 ou 193).

  9. Depois que a convulsão parou, coloque-os na posição de recuperação e verifique se a respiração está retornando ao normal. Agora sim, verifique cuidadosamente a boca para ver que nada está bloqueando suas vias aéreas, como alimentos. Se sua respiração parecer difícil depois que a convulsão parou, peça uma ambulância.

  10. Fique com a criança até ela estar totalmente recuperada.

 

Fonte: https://www.epilepsysociety.org.uk/10-first-aid-steps-for-convulsive-seizures#.WUq1j1JbXeQ
Posição de recuperação: https://www.epilepsysociety.org.uk/step-step-recovery-position#.WUq1u1JbXeQ ou http://primeirossocorros.net.br/posicao-lateral-de-seguranca/

Por: Dra. Paula Girotto