Relações Entre Irmãos Podem Favorecer o Neurodesenvolvimento. Que tipo de pessoa você quer que o seu filho se torne no futuro? Acredita que uma boa experiência proporcionada por uma relação que somente o elo entre irmãos pode proporcionar será benéfica para o seu pequeno?

O convívio saudável com um ou com mais irmãos pode auxiliar e favorecer o desenvolvimento da criança, resultar em uma maior independência e ainda pode proporcionar valores de maneira mais natural e sem imposições aos pequenos, dentre tantos outros benefícios.

Continue acompanhando este artigo para saber Como as Relações entre Irmãos Podem Favorecer o Neurodesenvolvimento.

Relações Entre Irmãos

Relações Entre Irmãos e o Neurodesenvolvimento – Entendendo a Conexão

A relação entre irmãos, quando desenvolvida ainda durante a primeira infância é considerada benéfica, produtiva para os envolvidos e ainda serve como uma espécie de ponte para todas as fases da vida da criança (infantil, juventude, adulta, velhice).

Dito isso, ela pode ser classificada em três pontos principais:

  • As interações entre os irmãos são caracterizadas pelo excesso de emoções positivas, negativas e ambivalentes, já que podem proporcionar empatia, rivalidade, cumplicidade, compaixão, ciúmes, sensação de controle e de poder, dentre outros;
  • Ela se define pela intimidade, pela cumplicidade e por experiências únicas, já que passam um tempo considerável brincando e interagindo entre si. Dessa forma, acabam se conhecendo e percebendo quando estão bem ou não, são capazes de entender e de identificar o que lhes incomoda ou não lhes agrada e até mesmo quando estão se divertindo. Logo conseguem proporcionar companhia e um apoio emocional, mesmo que não percebam isso nítida e conscientemente;
  • E ainda apresentam diferenças individuais que, ao mesmo tempo em que se completam, fazem com que se destaquem das demais relações. Dessa forma, elas aprendem a respeitar essas características particulares não só entre si, mas entre as demais crianças também.

Relações Entre Irmãos e o Neurodesenvolvimento – Benefícios

Apesar de os resultados das relações dependerem muito da conexão dos irmãos e de como a família lida com os desafios diários, os benefícios para todos os envolvidos podem ser os mais variados, como:

  • Gerar maior autonomia;
  • Proporcionar autoestima;
  • Ensinar a socializar e a se relacionar com outras pessoas que não fazem parte do seu círculo diário ou costumeiro;
  • Ensinar a contornar e a enfrentar problemas e desafios;
  • Criar um apoio e um incentivo incondicional entre eles;
  • Proporcionar orgulho e valorização de habilidades do outro;
  • Ajudar a moldar a personalidade;
  • Cuidar e dar valor aos vínculos duradouros;
  • Dentre outros.

Sem contar que, pelo fato de os irmãos serem as pessoas mais próximas da família e com quem, provavelmente, a criança passará a maior parte do tempo depois dos pais, eles são capazes de fazer com que haja um resgate de valores aprendidos e tão praticados, principalmente, durante a infância como o perdão, a compaixão, a solidariedade, a autonomia, a paciência para ensinar e para aprender, a pensar positivamente, etc.

E isso se deve, em sua maioria, pelo fato de que os irmãos mais velhos costumam servir de exemplo aos caçulas, que mesmo não assumindo ou não tendo total consciência, acabam se espelhando na pessoa mais próxima ou que eles mais têm contato: os seus irmãos.

A Família, como um todo, também tem uma grande Importância no Desenvolvimento Infantil. Saiba mais, neste artigo.

Referência: Encyclopedia on Early Childhood Development

Artigo Publicado em: 28 set, 2017 e Atualizado em: 12 dez, 2019

Neurologista Infantil SP - Compartilhe!