Stress, uma reação do organismo frente a situações ou muito difíceis ou muito excitantes, pode ocorrer em crianças também. E mais, ele pode aparecer tanto em meninos como em meninas de qualquer idade.

O stress pode se manifestar através de sintomas físicos ou psicológicos e muito freqüentemente os pais não sabem reconhecer que seu filho está estressado.
Quantas vezes a criança, que não consegue saber claramente o que está sentindo, passa como sendo malcriada ou birrenta quando na verdade ela está sofrendo a ação nefasta do stress excessivo.

Tente identificar o que está estressando a criança. Se possível, diminua a pressão que ela está sofrendo.Não a poupe em demasia.

Criança que é muito protegida não desenvolve imunidade ao stress. O stress deve ser proporcional à idade e ao amadurecimento da criança.

Quando não for possível protegê-la do stress excessivo (como no caso de uma morte na família, mudança de cidade, etc.) necessário se torna fortalecer a criança para lidar o melhor possível com a situação.

Além disso, a criança que não aprende a lidar com a tensão, quase sempre se torna um adulto vulnerável ao stress, por isso, é sempre melhor aprender a lidar com os problemas quando se é ainda bem jovem, embora na idade adulta também possa se adquirir técnicas de controle do stress.

 

Adaptado de: PediatriaEmFoco e Marilda Lipp

Por: Dra. Paula Girotto