Transtorno Bipolar na Infância

O transtorno bipolar infantil pode se desenvolver em adolescentes e adultos jovens, ainda que também possa aparecer em crianças tão pequenas com a idade de seis anos.

Às vezes os pais se dão conta de que o seu filho tem mudanças extremas de comportamento, ou que muda de humor de uma forma demasiadamente brusca. Talvez se dêem conta de que tudo isso afete a criança tanto na escola como em casa. Mas, como saber se o seu filho tem transtorno bipolar?

O que é o transtorno bipolar na infância

O transtorno bipolar é uma doença grave que deve ser tratada por profissionais. Também é conhecida como uma doença maníaco-depressiva. As crianças com transtorno bipolar experimentam mudanças de humor incomuns. Às vezes se sentem muito felizes e são mais ativas do que o normal (episódios de mania) e outras vezes elas se sentem muito tristes e decaídas, não estão nada afetivas e esta fase se chama depressão.

O transtorno bipolar não é a mesma coisa que os altos e baixos normais que cada criança pode atravessar no seu desenvolvimento normal. Os sintomas do transtorno bipolar são muito mais potentes e fortes do que isso. A doença pode fazer com que seja difícil para a criança que possa ter uma vida normal. Além disso, a doença mental do transtorno bipolar pode ser perigosa, já que alguns jovens tentam se fazer danos e inclusive se suicidar. Mas, os meninos e meninas que estão diagnosticados com transtorno bipolar devem receber tratamento, já que é uma doença que dura toda a vida, mas podem gerenciar os sintomas e levar uma vida normal.

12 sintomas do transtorno bipolar em crianças

Mas, quais são os sintomas mais evidentes? Existem alguns sinais que te podem dar uma voz de alarme para buscar ajuda profissional no caso em que você suspeite que o seu filho tem ou pode ter transtorno bipolar. O seu filho pode ter episódios maníacos, depressivos ou mistos. Os episódios podem durar uma semana, duas, ou mais. Durante um episódio os sintomas se apresentam todos os dias na maior parte do dia. Nesses episódios os estados de ânimo são intensos, os sentimentos fortes e ocorrem junto com mudanças extremas de comportamento e energia.

  1. Está muito feliz e a sua forma de agir é demasiadamente incomum;

  2. Tem gênio ruim;

  3. Problemas para dormir, mas não está cansado;

  4. Problemas para se concentrar;

  5. Fala de sexo muitas vezes (sobretudo, adolescentes);

  6. Faz coisas arriscadas sem estar consciente do perigo;

  7. Sintomas em episódios depressivos. Tem pensamentos relacionados com a morte ou o suicídio;

  8. Queixa-se muito de dores de cabeça, de estômago ou outros;

  9. Sente muito sono e dorme muitas horas;

  10. Se sente culpada sem motivo e se desvaloriza;

  11. Apenas não come ou come muito;

  12. Tem pouca energia ou não tem interesse em fazer atividades.

Se você acredita que o seu filho se encaixa neste tipo de sintomas ou pensa que poderia estar sofrendo desse transtorno, procure o quanto antes um profissional para que possa avaliar sua saúde mental.

 

Adaptado de: Guia Infantil

Por: Dra. Paula Girotto