A cefaleia (comumente chamada de dor de cabeça) é um distúrbio que afeta pessoas de todas idades, inclusive as crianças. As dores (incluindo a enxaqueca) têm intensidades, durações, sintomas e causas variadas, que podem prejudicar a criança e não devem ser negligenciadas.

A Dor de Cabeça nas Crianças – Causas

Os principais fatores causadores da dor de cabeça em crianças são: uso excessivo de aparelhos eletrônicos, problemas emocionais como ansiedade ou estresse, má alimentação, poucas horas de sono, lesões, alguns medicamentos, contato com substâncias com cheiro forte (como o tabaco), alterações hormonais, problemas oculares, sinusite, etc.

Há também alguns alimentos que podem ser responsáveis pelas dores de cabeça, incluindo cafeína, chocolate, refrigerantes, doces, alimentos gordurosos e frituras, leite integral e seus derivados, embutidos, entre outros.

As crises podem variar, desde uma simples dor de cabeça até uma enxaqueca que perdura por horas (ou até mesmo dias), acompanhada de outros sintomas. A enxaqueca é associada a náuseas, queda de pressão, e sensibilidade quando em contato com luzes, cheiros e barulhos. Independente dos sintomas, a dor deve ser investigada.

A dor de cabeça pode ter origem tensional (estresse ou rigidez muscular, atinge o pescoço ou a base da cabeça), pode ser uma enxaqueca (sensação de pulsação e vertigem), sensação de pressão na cabeça, dor nas têmporas, etc. Pode ter relação com outra enfermidade. É importante realizar exames físicos para descartar algumas possibilidades, e dependendo do caso, realizar exames neurológicos.

Efeitos da Dor de Cabeça em Crianças

Estudos realizados pela Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) indicam que as crianças que convivem com a enxaqueca revelam maiores dificuldades de atenção visual, concentração, memorização e maior lentidão no raciocínio. Isso é responsável por comprometer o desempenho escolar e intelectual da criança, chegando por vezes a afetar suas habilidades físicas e motoras.

Prevenção da Dor de Cabeça em Crianças

A prevenção da dor de cabeça nas crianças é feita através de um modo de vida saudável, na qual é indispensável ter uma alimentação equilibrada, mantê-la sempre hidratada, com momentos de repouso e momentos de diversão, que não devem limitar-se ao uso de aparelhos eletrônicos.

Há também alimentos que são de grande ajuda na prevenção das dores, incluindo vegetais, grãos, castanhas, verduras, frutas, ovos e algumas carnes que não sejam gordurosas e nem frituras.

Só faça uso de medicamentos em crianças caso um especialista julgue necessário e sob prescrição, sempre se atentando aos possíveis efeitos colaterais.

Caso a criança já esteja com dor, fazê-la deitar em um quarto escuro, tranquilo e silencioso pode auxiliar no alívio da dor, assim como colocar um pano úmido sobre sua testa. Um sono de qualidade ajuda, em muitas das vezes.

Fonte: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0004-282X1998000400006

Neurologista Infantil SP - Compartilhe!