Lidar Com as Crianças em Casa. Planilhas, anotações, boletos, reuniões, home office, convivência 24 horas por dia, cuidar da casa, dos filhos, do parceiro(a)… e de si mesmo(a)! Ufa! Realmente os tempos podem não estar sendo os dos mais fáceis para você em meio à pandemia e à quarentena em que as pessoas foram submetidas como forma de proteção mundial, não é mesmo?!

E, apesar de tudo isso, você ainda tem que lidar com a cobrança interna e externa de suprir as necessidades de todas as áreas que demandam da sua atenção, como trabalhar, cuidar da casa, manter o relacionamento, cuidar e ensinar os filhos e ainda ter um autocuidado. Mas como fazer estas tarefas diante de todo o momento de estresse, de dúvidas e de desespero?

Continue acompanhando este artigo para saber Como Lidar, da melhor forma possível, Com as Crianças em Casa Durante o período da Quarentena.

Lidar Com as Crianças em Casa

A Importância da Comunicação

Primeiramente, é importante tentar explicar ao seu filho e de acordo com a faixa etária dele, o cenário atual para que se proteja, crie confiança e não fique totalmente dependentemente de vocês. Assim como também é fundamental manter o ritmo escolar, para ele ter mais segurança, para internalizar melhor os conteúdos que estão sendo passados e para compreender que não está de férias e que hesite hora para tudo.

Quando tomam esse tipo de atitude, vocês estimulam a independência da criança e ainda têm mais liberdade e tempo para lidar com todas as demais tarefas que ainda precisam cumprir, como entregar relatórios, limpar a casa, ler e-mails, participar de reuniões, lavar roupas, fazer compras, se informar e qualquer outro tipo de tarefa que se enquadre à sua realidade.

Lidar Com as Crianças em Casa – Dicas Para Adaptação da Criança

Um dos primeiros cuidados que os pais devem ter é de deixar a rotina o mais próximo do que a criança está acostumada, mas sem se cobrar caso ela queira estender os horários algumas vezes, já que estamos passando por uma situação inédita e é preciso ter momentos de tranquilidade e de menos tensão para todos os envolvidos. Outra forma é adaptar os conteúdos e as atividades educacionais no dia a dia de vocês e, se possível, de forma que as tarefas coincidam com a grade horária que o pequeno tinha na escola.

Além disso, permita que seu filho opine e/ou escolha o que quer fazer, em um determinado dia, mas desde que faça sentido dentro da realidade de vocês, para incentivar a autonomia, a criatividade e a lidar com as frustrações de um possível “não”.

Converse e planeje o dia com os pequenos para que eles tenham uma melhor noção de espaço / tempo e da gravidade da atual situação mundial, mas sempre de maneira que eles consigam compreender. Assim que montarem um cronograma, com palavras, com recortes ou desenhos, por exemplo, deixe em um lugar visível para internalizarem melhor o que precisam fazer.

Lembre-se de fazerem pausas ao longo da jornada. Isso é importante, porque as crianças têm dificuldade para se manterem concentradas em uma atividade por muito tempo e para que tenham tempo para processar todas as informações coletadas até então.

Separem um dia da semana para fazerem algo fora do comum / planejado. Desta forma, estarão amenizando a situação, passarão mais confiança ao pequeno e descansarão de toda a cobrança e pressão do ambiente em que estão inseridos.

Porém, isso não significa que o uso de aparelhos eletrônicos como forma de lazer está liberado completamente, mas que as regras podem ser um pouco mais flexíveis diante do cenário atual. Nestes casos, eles servem como uma ferramenta para ajudar em pesquisas, na comunicação com os familiares e com os amigos, dentre outras.

Sempre que possível, lembre-os de que a situação é uma condição temporária e que uma hora vão retornar para a sua rotina anterior. Mas, sem se esquecer de cuidar para que eles façam atividades saudáveis e condizentes às suas faixas etárias nos momentos de suas pausas e de lazer.

E, ao menor sinal de que estão ficando esgotados, cansados e que podem descontar alguma emoção na criança, por exemplo, tentem fazer uma pausa e tirem um momento só para você, com o intuito de relaxar a mente e de evitar descarregar as frustrações nos pequenos.

Lidar Com as Crianças em Casa – Como Manter a Criança Ocupada?

Uma das formas de ensinar novos conteúdos às crianças, sem que seja cansativo ou que você gaste um tempo que não tem, é dando exemplos com as tarefas domésticas, como: ver as horas contando quanto tempo falta para o bolo assar; diferenciar as cores ou fazer novas combinações ao separar as roupas para lavar e a exercitar os músculos ao enrolar brigadeiros, por exemplo.

Se precisar de um tempo para resolver assuntos domésticos ou do trabalho, permita que utilize algum aparelho eletrônico, mesmo que o período extrapole ao da rotina normal. E claro, não se esqueça da hora de brincar, de preferência, logo no começo do dia, para que não fiquem impacientes já na primeira tarefa. Diante do possível, tentem variar nas opções de jogos e de distrações.

Ah, e não se esqueçam! A melhor forma de lidar com as crianças em casa durante este período de quarentena é da maneira que funcionar melhor na rotina da sua casa, sempre respeitando os hábitos de vocês e o que julgam ser melhor para os seus filhos! Mas, caso tenham alguma dica para dar aos outros pais, comente aqui embaixo. Nessas horas, quanto mais conselhos, melhor e mais leve pode ficar a vida de vocês!

Referência: UNICEF

Neurologista Infantil SP - Compartilhe!