O TDAH pode ser tratado de diversas maneiras, permitindo, assim, que a criança que sofre com o transtorno desenvolva diversas habilidades, aumente sua qualidade de vida e seja inserida na sociedade, alcançando seus objetivos.

Tratamento do TDAH – Obtendo o Diagnóstico

O diagnóstico do transtorno de déficit de atenção e hiperatividade é feito por um médico especialista, sem a necessidade de exames como a ressonância magnética ou o eletroencefalograma. Em alguns casos será solicitada uma avaliação neuropsicológica da criança.

O processo de diagnóstico é regido por uma relação de critérios médicos específicos, que podem incluir o tipo, subtipo, nível de remissão e gravidade deste transtorno.

Tratamento do TDAH

O tratamento do TDAH é muito amplo, porém individualizado, ou seja, varia de pessoa para pessoa de acordo com sua resposta ao recurso terapêutico utilizado.

Esta área pode ser considerada um “ponto-chave” para que a criança tenha mais qualidade de vida, seja mais saudável e produtiva. Por isso, a identificação dos sintomas é imprescindível para dar início ao tratamento adequado do transtorno.

Dentre os tratamentos aplicados em crianças e adolescentes, o mais utilizado pelos profissionais é o multidisciplinar, ou seja, o paciente sofre intervenções de profissionais que atuam em diversas áreas, incluindo psicólogos, fonoaudiólogos, psicomotricistas, e psicopedagogos.  

Uma das metas do tratamento é aprender a lidar com os sintomas do transtorno e evitar – ou limitar – alguns prejuízos durante sua vida. Para que isso aconteça, alguns medicamentos podem ser inseridos em algum estágio da intervenção terapêutica.  

Tratamento Medicamentoso do TDAH

No mercado existem diferentes opções de medicamentos, em sua maioria psicoestimulantes, para tratar o TDAH. Essas drogas têm o propósito de reduzir a hiperatividade e impulsividade, além de melhorar a capacidade de concentração e aprendizado do paciente. No entanto, existem alguns critérios que devem ser cumpridos antes de considerar o uso da medicação.

Tratamento Comportamental do TDAH

Além do tratamento com fármacos, existe também o tratamento comportamental de crianças com TDAH, que inclui mudanças no ambiente, projetadas para ajudá-la e tentar mudar seu comportamento, melhorando aspectos como:

  • Disciplina e aprendizagem na escola;
  • Relacionamento com familiares e amigos;
  • Acompanhamento de solicitação de adultos, obediência e respeito.

Esta técnica envolve o molde do comportamento de uma criança com TDAH por meio dos seguintes métodos:

  • Manter uma programação diária;
  • Definir metas pequenas, acessíveis e claras para a criança;
  • Recompensar comportamentos positivos;
  • Montar um local específico para que a criança faça os deveres de casa;
  • Estabelecer limites de escolhas.

Por que meu Filho Deve Ser Submetido ao Tratamento do TDAH?

O TDAH não reconhecido – ou não tratado de forma correta – pode acarretar sérias consequências para a vida da criança, incluindo fracasso escolar, depressão, desobediência e mau comportamento, baixo desempenho nas atividades e aumento no risco de acidentes.

O tratamento adequado do TDAH pode favorecer a criança em diversos aspectos, tais como:

  • Relacionamento social;
  • Melhor desempenho em atividades escolares;
  • Obediência de regras.

Os tratamentos comportamentais são recomendados para crianças em idade pré-escolar e, quando necessário, alguns medicamentos podem ser prescritos pelo especialista. Pais que optam por medicar seus filhos durante esta fase devem trabalhar em conjunto com o médico da criança, evitando, assim, complicações.

Consultar um neurologista de confiança pode favorecer o processo de aceitação do diagnóstico e o início do tratamento.

Fonte: https://www.uptodate.com/contents/treatment-of-attention-deficit-hyperactivity-disorder-in-children-beyond-the-basics?search=Treatment%20of%20attention%20deficit%20hyperactivity%20disorder%20in%20children&source=search_result&selectedTitle=1~27&usage_type=default&display_rank=1

Neurologista Infantil SP - Compartilhe!